Loading...
Menu
PT EN

 

RETOMA DA LAVOURA

Estamos de volta!!
Após uma longa interrupção, retomamos a programação que ficou para trás, com mais força, vontade e energia do que nunca!

A arte como exercício libertador, que exterioriza, questiona, provoca, relata e (re)constrói, arranjou sempre maneira de subir à luz do dia. 

Recomeçamos a nossa programação com as Caminhadas com Arte - dois momentos que servem precisamente para reflectir e questionar o mundo em que vivemos a partir de diferentes ópticas - da escrita, do jornalismo, da filosofia, da dança, do teatro, do cinema, do ambiente, entre muitas outras.  Uma proposta de 20 percursos e de 21 oradores-caminhantes que nos levarão a embarcar em viagens a diferentes universos do saber, sem sairmos da Costa Vicentina e da Serra de Monchique. Iremos falar sobre a importância de caminhar e construir caminhos, a relação entre o corpo e a escrita; sobre a relação entre o relevo, o pensamento e o movimento; sobre a forma de ouvir o outro e perceber o mundo; sobre a forma de olhar e observar.
Iremos reflectir sobre a ideia de fronteira; sobre as vagas de imigração; sobre a ideia de antropoceno; sobre a forma de trabalhar e cuidar da terra; sobre o impacto humano no meio ambiente; sobre a cosmologia microbiana que nos rodeia; sobre a ressonância, o silêncio, o afecto e o ritmo; sobre como é impossível separar a natureza das histórias, a temperatura das palavras e o relevo da criação.

As profundas transformações que estão em curso, estão também a influenciar a forma como as artes são criadas, apresentadas e usufruídas. No Lavrar o Mar, adaptámos toda nossa programação às normas sanitárias em vigor, que nos comprometemos a aplicar com muita atenção e rigor. Porque acreditamos que é em momentos como este, que as artes e a cultura são (ainda mais) essenciais.

O mundo muda e a arte responde. Será através das criações de hoje que o futuro perceberá o que aconteceu.

Vemo-nos em Setembro!

ACONTECE AGORA