Loading...
Menu

23 OUT A 7 NOV

NÃO

GIACOMO SCALISI
PORTUGAL

Teatro
ALJEZUR · MONCHIQUE · ODEMIRA · SANTIAGO DO CACÉM

Aljezur – Espaço +
23 OUT (sáb) – 19h00
24 OUT (dom) – 18h00

Monchique – Casa do Povo de Alferce
6 NOV (sáb) – 19h00
7 NOV (dom) – 18h00

Odemira
Público escolar – Várias datas

Santiago do Cacém – Auditório Municipal António Chainho
1 NOV (seg) – 16h00

DURAÇÃO
1H00 aprox.

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA
M/8+

BILHETES
3€ Preço Único

BILHETEIRA

BILHETES À VENDA TAMBÉM EM
Aljezur – Casa Lavrar o Mar – Rua João Dias Mendes, 46
NÃO é um espectáculo que nasceu a partir de um diálogo entre o encenador Giacomo Scalisi e o escritor Afonso Cruz, sobre os seus livros Paz Traz Paz e O Livro do Ano, e de alguns textos inéditos que surgiram após trocas de ideias.
Desde o início desta criação havia a clara vontade de falar a todo o público, em particular às crianças e aos jovens, sobre a importância de se poder pensar em liberdade e de ser ser humano como um dos melhores antídotos para combater o ódio.

NÃO é como um lembrete de coisas importantes, das quais não nos podemos mesmo esquecer. É a história do ‘sim’ que deveria ter sido ‘não’. Três mulheres fundem-se numa só para nos explicar que os monstros existem - e que ganham forma com as mais pequenas coisas e com os medos mais infundados.

Inicialmente, o Instituto das Pessoas Normais defendia que a normalidade vinha da liberdade de cada um ser como é. Ser normal era ser diferente e único. Agora este Instituto defende que, para evitarmos comportamentos desviantes, devemos todos agir de maneira igual para protegermos as pessoas de bem.

O que é, afinal, ser normal? E o que são as pessoas de bem?
Marcado pelo canto polifónico, NÃO mostra-nos que três vozes diferentes são mais belas que o uníssono, e que a harmonia é um sonho possível.

Escolhemos, portanto, face à normalidade que nos cerca, o único caminho que parece pouco habitual: RESISTIR.
FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

IDEAÇÃO E ENCENAÇÃO: Giacomo Scalisi
TEXTO: Afonso Cruz (textos originais e excertos de Paz Traz Paz e O Livro do Ano)
INTERPRETAÇÃO E CO-CRIAÇÃO: Ana Root, Rita Rodrigues, Sofia Moura
CRIAÇÃO MUSICAL: Ana Root
CO-CRIAÇÃO MUSICAL E OUVIDO EXTERIOR: Pedro Salvador