Loading...
Menu

9 A 30 OUT

A GRANDE ERRÂNCIA

COLLECTIF PROTOCOLE
FRANÇA

Malabarismo Poético
MONCHIQUE · ALJEZUR · ODEMIRA · SANTIAGO DO CACÉM

Grande Partida
Monchique – Parque de estacionamento da antiga serração
9 OUT (sáb) – 16H00

Cerimónia do Mar
Aljezur – Largo da Igreja Nova
16 OUT (sáb) – 16H00

Cerimónia do Mira
Odemira – Jardim Ribeirinho do Mira
23 OUT (sáb) – 16H00

Grande Chegada
Santiago do Cacém – PSRFUA - Sociedade Recreativa Filarmónica União Artística ( Localização )
30 OUT (sáb) – 16H00

DURAÇÃO
1H00 aprox.

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA
Para todos os públicos

Entrada gratuita
A Grande Errância é uma "viagem malabarista" que procura a poesia escondida nos territórios percorridos.
Um espectáculo itinerante, constituído por etapas de performances que acontecem nas vilas e cidades por onde passa.
Este périplo é um espectáculo contínuo, que acontece 24 sobre 24 horas, pensado para um tempo longo.
Um ou uma malabarista parte durante vários dias, na companhia de um convidado que em cada semana será diferente. Este convidado poderá ser um artista ou uma pessoa local com quem o malabarista irá caminhar e conversar. Durante este tempo, o/a malabarista partilha o que aprendeu, o que pensou, o que ensaiou e criou, com todas as pessoas que se cruzarem no seu percurso, como um diário de viagem performativo que é oferecido a quem o encontrar. Quando o/a malabarista e o seu convidado chegarem a um ponto específico, previamente combinado, que poderá ser em Monchique, Aljezur, Odemira ou Santiago do Cacém, haverá um espectáculo, uma cerimónia de reencontro com o resto dos malabaristas da companhia.
O percurso e os encontros realizados serão filmados, documentados e partilhados nos nossos sites e nas redes sociais.
FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

MALABARISTAS: Paul Cretin-Sombardier, Thomas Dequidt, Sylvain Pascal, Valentina Santori, Pietro Selva Bonino, Johan Swartvagher
COMPOSIÇÃO MUSICAL, INTERPRETAÇÃO E IMPROVISAÇÃO: AlexandreVerbiese
PRODUÇÃO E COORDENAÇÃO: Caroline Sotta
TÉCNICO POLIVALENTE: Erwan Sautereau