Loading...
Menu

28 NOV A 8 DEZ

O PRESENTE DE CÉSAR
Quem vai para o mar não volta à terra

GIACOMO SCALISI
PORTUGAL

Teatro culinário
ALJEZUR . MONCHIQUE

ALJEZUR
28, 29, 30 NOV, 1 DEZ
qui a dom - 19H30
Sede do Rancho Folclórico do Rogil

MONCHIQUE
5, 6, 7, 8 DEZ
qui a dom - 19H30
Casa do Povo de Alferce

DURAÇÃO: 2H30 aprox.
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/12+
Interdita a entrada a menores de 12 anos

BILHETES:
10€ Preço Único (Inclui jantar)
O Presente de César consiste na história de César Tróia e da sua família. Fala do bacalhau, o mais português dos peixes que fala norueguês, das terras de Aljezur e dos bancos da Terra Nova ao largo do Canadá.
Nestas terras onde o peso da saudade faz parte do ser, faz parte da alma, o reencontro tem o sabor acre, amargo, salgado. O sabor a bacalhau. O sabor que faz parte da nossa história. A nossa história de dureza além-mar onde os homens escolhem o frio, o nevoeiro, a solidão. E esta solidão fica para sempre dentro deles. Mesmo numa casa povoada de família, preferem estar sós e só pensam em voltar, marear, pescar. Pescar longe do mundo, pescar longe do ser. Nessas terras onde o peso da saudade faz parte de nós.
Este espectáculo está integrado no Festival da Batata Doce de Aljezur e é também um jantar de bordo com uma ementa especial. Uma ementa incrível composta por sopa, prato e sobremesa e claro, o vinho que o nosso chef gosta muito, mesmo muito.
FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

ENCENAÇÃO: Giacomo Scalisi
TEXTO ORIGINAL: Sandro William Junqueira
ASSISTÊNCIA DE ENCENAÇÃO: Graeme Pulleyn

INTERPRETAÇÃO: Graeme Pulleyn, Gabriel Gomes e Sofia Moura

GASTRONOMIA: Rosário Pinheiro

DIREÇÃO TÉCNICA E DESENHO DE LUZ: Joaquim Madaíl
ARRANJO MUSICAL: Ricardo Augusto
ASSISTENTES: Alice Duarte e Remi Gallet
ASSISTENTES DE COZINHA: Lurdes Silva, Rita Silva
AGRADECIMENTO: Museu Marítimo de Ílhavo, Junta de Freguesia de Alferce, Casa do Povo de Alferce

Uma encomenda e produção CAEV – Centro de Artes do Espectáculo de Viseu / TEATRO VIRIATO